domingo, dezembro 19, 2004

Camarate

A 784ª Comissão de Inquérito Parlamentar sobre a Tragédia de Camarate concluiu que a queda do CESNA em que seguiam Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa não foi totalmente acidental.
Na verdade, existem evidências irrefutáveis de que terá havido um atentado do lado esquerdo do avião (onde seguia Sá Carneiro) e um acidente do lado direito do avião (onde seguia Amaro da Costa)!
A Aliança Democrática (“PPD-PSD” + “CDS-PP”) mantém viva a esperança de que pelo menos um dos dois desafortunados apareça ainda, um dia destes, numa manhã de nevoeiro, e por isso pedem para que seja reaberto o processo judicial.
É justo!