quarta-feira, janeiro 19, 2005

Nem vale a pena falar nas pontes...