segunda-feira, março 14, 2005

A maior crise humanitária da actualidade

Esta é a maior crise humanitária da actualidade. Não é o resultado do maremoto no sudeste asiático e muito menos as venturas e desventuras do recém eleito governo de um pequeno país à beira mar. Tal como eu já aqui tinha referido parece-me que a crise no sudeste asiático foi hiperinflacionada pelos media (comparativamente com as outras). Serviu para muitos benfeitores de ocasião se poderem sentir bem consigo próprios e agora durante os próximos tempos não há dinheiro, nem vontades, nem lugar em destaque nos media para mais nada.
É verdade que esta é uma situação em que é mais dificil intervir. Há uma guerra que complica. Mas se:
- esta fosse uma zona com importância geoestratégica que originasse uma vontade feroz de procurar armas de destruição macissa e guiar o país para uma democracia;
- tivesse o destaque televisivo com repetição em horário nobre de cenas chocantes e os multibancos alertassem para a situação e disponibilizassem um meio fácil de prestar donativos para a ajuda
==» já o assunto estava resolvido há muito tempo e com outros meios. Mas assim é o Mundo!

Comentários:

Concordo plenamente , pois para as catastrofes e situações mediaticas que dão audiencias existem sempre contas e dinheiro , porque é que a estes não chega nada , nao entendo , é desesperante ...  

va-se la saber porque diabo?  

É triste constatar que os nossos media só querem é espectáculo... Mas é sempre assim...  
Enviar um comentário

«Inicial