domingo, abril 29, 2007

Bi-tri

Apesar da ditadura imposta pelas forças policiais da capital nada impediu o Hóquei Portista de fazer história e de alcançar o Bi-Tri tão desejado pelo futebol (e não conquistado pelo engenheiro do penta).

Gostava ainda de deixar um desabafo em relação ao futebol português. Desde que Co Adriaanse deixou o futebo nacional o espectáculo parece ter ido com ele. Começo a questionar-me porque as pessoas (eu incluido) pagam bilhete para assistir a jogos onde se perde mais tempo com bolas fora, e a sua reposição, do que no jogo propriamente dito. No final de cada jogo que assisto no Dragão, lamento-me por ter gasto o dinheiro para ver os apanha bolas a deixarem as bolas, em vez de as entregarem aos guarda-redes (nos pontapés de baliza), a partir do momento que a equipa da casa se encontra a vencer. Não será o desporto um espectáculo??? Não deverão os seus adeptos ser tratados com respeito??? Será que a emoção vale mais do que esse mesmo respeito??? De que sobreviverão os clubes portugueses com tanto estádio vazio???

Comentários:

Verdade, concordo! Lmaento-me ainda ter como Treinador o Jesualdo... Mesmo que se consiga o ambicionado Título! É que para além de jogar a medo, não acerta uma substituição... Quanto ao jogo de ontem entre os Rivais de Lisboa, foi mesmo muito fraquinho. Gostei Só do RESULTADO!  

aqui observo não o trabalho do treinador do FCP mas sim o futebol nacional. É 1 facto que como adepto portista há opções dos diversos treinadores com as quais não concordei, mas por isso é que eu sou adepto e eles os treinadores...  
Enviar um comentário

«Inicial

sexta-feira, abril 27, 2007

É isto o 25 de Abril?

Este é um comunicado emitido pelo FCPorto devido a alguns acontecimentos recentes. Ao que parece estamos todos sujeitos a uma ditadura imposta pela capital e macrocefalia.

quinta-feira, abril 26, 2007

25 de Abril

Já é tarde, mais ainda é tempo de reflectir sobre o tema do dia.

A passada noite foi muito má. Já era quase meia noite e estava quase a dormir quando de repende se ouvem estrondos atrás de estrondos (pum! pum! pum!...). Mas o que se passa?!?! As festas estão a chegar mas ainda falta. A páscoa já passou (e não moro no Minho). Mas então o que é?
Afinal já é meia noite e, então, já é 25 de Abril...

25 de Abril, um bom dia para lançar foguetes e festejar com pompa e circunstância. Quem paga os foguetes? Serão os cerca de 50 ou 60 % de desempregados do concelho? Claro que não! É um senhor que foi escolhido em eleições, com uma participação de cerca de 30 ou 40%. Eleições para as quais prometia mundos e fundos e afinal depois de eleito não faz nada do que havia dito.
Mas o que pensam os portugueses do 25 de Abril? Afinal Salazar é o "grande português". Mais de 50% considera que viveria melhor numa ditadura. Promessas de descida de impostos à "bocas" das urnas e o aumento logo após os resultados, é em cada eleição. Não vivemos nós em pequenas ditaduras de 4 ou 5 anos?

Para além de ser feriado, motivo de foguetório (por ser feriado), o que é o 25 de Abril???

Comentários:

"Promeças"!!? Mais grave, tantos anos após o 25 de Abril ainda é possível ser-se médico tratando tão mal a língua como os políticos tratam o país!  

Obrigado pela sua correcção Flip. Peço desculpa pelo erro, mas não tenho o bom hábito de reler o que escrevo.  
Enviar um comentário

«Inicial

terça-feira, abril 24, 2007

Novas IP4

Nestes últimos dias tive a oportunidade de viajar um pouco. Devo dizer que passei por Vila Pouca de Aguiar, Régua, entre outros locais. O que retive destes dias de viagem foi a má qualidade das estradas portuguesas. Além das IPs e auto estradas (ou SCUTs) a maioria das restantes estradas são de qualidade muito fraca e que levam eternidades a percorrer.
Contudo o que mais me alarmou foi o declive de muitos dos troços da A7 (Póvoa de Varzim - Vila Pouca de Aguiar, passando por Guimarães) e da A24 (Chaves - Viseu). Nestas estradas houve partes em que por mais que carregasse no acelerador o ponteiro não ultrapassava os 80Km/h. Mas é claro que fica mais barato cortar umas toneladas de árvores, remover outras de pedra e terra e meter alcatrão no que sobra, comparando com o que fica fazer uns túneis. No entanto daqui a uns anos vejo a sinistralidade a aumentar nesses traçados devido a excessos de velocidade... (como no IP4)

sexta-feira, abril 20, 2007

Zoo

Há quem queira destruir o país (norte e interior principalmente).
O Zoo da Maia é apenas mais um exemplo.

quarta-feira, abril 18, 2007

Jogos Médicos

Como foram os jogos...

...http://www.abola.pt/videos/index.asp (é pena que este vídeo demore 22 minutos)

terça-feira, abril 17, 2007

falta de inspiração

com pura falta de paciência e vontade de fazer o que quer que seja, é com tenho estado nos últimos dias. daí a minha ausência.

quinta-feira, abril 12, 2007

quote of the Day

"Em indivíduos não habituados, níveis de etanol de 200mg/dL geralmente causam depressão da actividade mental, enquanto níveis > 300mg/dL causam estupor. O desenvolvimento de tolerância ao álcool pode permitir que o alcoólico crónico continue consciente com níveis > 400mg/dL"

Nuclear?

"A questão da energia nuclear será discutida mais dia menos dia, em Portugal"

Cavaco Silva

Sr Presidente, com esta gente à frente não! Não, por favor. Recordo as palavras de Thierry Dujardin, aqui publicadas:
"Tchernobil (...) era um reactor mal concebido, num sistema político que não
permitia controlo em matéria de segurança nuclear."


Temo que a mentalidade portuguesa e a falta de "qualificações" do Governo nos ponham em risco...

Adeus

Adeus, arrogância;
Adeus, má educação;
Adeus, incompreensão;
Adeus, má figura;
enfim Adeus Odete Santos.

quarta-feira, abril 11, 2007

Harvard

Portugal inicia parcerias com Universidade Harvard na área da Medicina.

Porque não com Oxford, Inglaterra, Comunidade Europeia, de modo a procurar que seja a UE a principal referência científica?

A Queda do Império

José Sócrates está num beco sem saída. O ritmo a que se descobrem mais "fraudes" é avassalador. Ele alterou os registos biográficos (veja os dois), o processo de candidatura à UnI foi fora de prazo,...

Mário Lino desconhece o que todos sabem. A OTA é inviável (pelo menos para os realistas)...

O Presidente da República promulgou a lei do aborto. Contudo fez algumas sugestões para uma nova portaria. A resposta do PS, por Alberto Martins, é que "a lei está feita" (notícia Público). Será que novas lei que tenham sugestão presidencial serão aprovadas?

Comentários:

A vitimização é uma arma política emergente.
O português gosta de se vitimizar. Os portugueses são sempre solidários com quem se vitimiza. As teses de perseguição, mesmo que infundadas, potenciam estranha admiração na sociedade portuguesa: foi assim com Fátima Felgueiras, Valentim Loureiro e Isaltino Morais. José Sócrates é o senhor que se segue.  
Enviar um comentário

«Inicial

quote of the Day

"A Morte Súbita de causa cardíaca é responsável por metade das mortes de
causa cardiovascular."

terça-feira, abril 10, 2007

Obesidade

Ainda há uns dias atrás li um artigo (científico) que referia existir uma grande associação entre o consumo de "soft drinks" e a obesidade. Hoje vejo esta notícia no The Times e concluo que este não é um problema imaginário.
Proponho então que se crie um imposto para produtos que comprovadamente engordem, à semelhança do que se faz com os combustíveis. Sei que é difícil de estabelecer essa associação mas se calhar mais difícil será ultrapassar os lobbies.

quinta-feira, abril 05, 2007

Agricultura Biológica

quarta-feira, abril 04, 2007

Quiosque!

Julgo que em 2009 haverá eleições. Pelo menos muito ficará adiado para 2009. É o Metro do Porto, é o comboio, e muito haverá para fazer até 2009. Esperemos que não seja a OTA, pelo menos muita gente espera. Aqui está mais um.
No entanto no dia-a-dia a burocracia continua, e a rigidez inflexível também, neste caso protege o cidadão. Mas será que ninguém reconhece as paragens do autocarro?
A zona da baixa pode ser mais movimentada uma vez por mês... será que os centros comerciais deixam?
O centralismo continua, ou não haja mais um projecto aprovado para os arredores de Lisboa enquanto que o país fica adiado para 2009, como acima foi referido (Metro e comboio). Questiono-me, será esta a região com maior taxa de desemprego? Mas os cortes para outras "paragens" são constantes, Rui Rio continua a queixar-se e o interior cada vez mais deserto (até os médicos lá vão buscar).
O primeiro Ministro é ou não é engenheiro? A discussão continua, contudo a oposição parece não dar grande importância ao assunto. Provavelmente estarão todos em pé de igualdade (vulgo negócios estranhos), basta ver pela Universidade Independente.
De aplaudir são os prémios de desempenho, pode ser que os serviços públicos funcionem...
Afinal o Mateus só existe para afundar o Galo de Barcelos...
Agora a parte da Saúde. O ministro sente-se orgulhoso com o desempenho do seu ministério. Apesar disso continua a remediar (deslocação dos médicos) em vez de pensar em soluções de fundo. Os medicamentos podem ir para os hipermercados (centralizando uma vez mais e desprezando o comércio tradicional) e cada um compra o que quer, tendo ou não receita médica. No mínimo é absurdo. Eu não teria orgulho nenhum... Apesar de tudo a medicação pode baixar 3%. (Pode? Sim. Mas vai baixar? Não. Mas Pode? Sim.) Apesar de as doenças serem cada vez mais globais, o que não constitui novidade, a medicina alternativa é cada vez mais divulgada.

Tanta notícia e tão pouco que se discuta...

A ausência

Todos este tempo de ausência se deveu à participação num evento com grandes história, os Jogos Médicos Nacionais.
Esta foi a minha primeira participação.
Sendo esta a XXIII edição, o ano passado, excepcionalmente, não houve "jogos". Este terá sido o principal facto, aliado à constante mudança de local após a saída de Tróia, que terá levado ao baixo número de inscrições (150) nas diversas modalidades.
Esperemos que para o ano sejam mais participados, promovendo assim o convívio entre "colegas".

Comentários:

Não sabia disto.. Estarei atento às próximas edições!  
Enviar um comentário

«Inicial