domingo, abril 03, 2005

DE LABORE SOLIS

Diz a Profecia de Malaquias (bispo irlandês do século XII), que seria esta a qualificação do Papa João Paulo II - O trabalho do Sol!

Se é certo que os epítetos utilizados por Malaquias, são suficientemente vagos para se poderem aplicar a quase tudo, também é certo que têm revelado algumas coincidências digamos que interessantes.

É contudo um epíteto interessante para homenagear a vida deste homem, que percorreu o mundo a levar a sua fé e que foi sempre um verdadeiro apóstolo da Paz. Quem me conhece, sabe que não sou crente em Deus, e que critico alguma hipocrisia da Igreja Católica e o seu "anacronismo cultural". Mas isso não me impede de admirar um Homem, que apesar das contrariedades, sempre lutou para defender os seus ideais, sempre se deu aos outros e promoveu a congregação das religiões e a busca da Paz. A personificação da bondade e da serenidade, que viveu toda a sua vida de forma coerente até ao último suspiro. Que toda(s) a(s) igreja(s) lhe seguissem o exemplo...

A mim resta-me dizer, obrigado pela tua vida e obra (ele perdoar-me-á esta "intimidade"). Aos católicos, resta-lhes acreditar que a sua alma voltou para junto do Criador e esperar pela chegada do DE GLORIA OLIVAE (será esta uma referência a Portugal?), o penúltimo Papa, antes do final da Igreja do Deus verdadeiro.

Comentários:

Há quem diga que este era o antepenúltimo... Daqui a duas semanas talvez já se perceba melhor... As profecias são sempre muito engraçadas!  

Tenho uma ideia sobre onde foste buscar a professia do Malaquias...  

Acreditas nessas profecias???  

Claro que não... é como o horóscopo... suficientemente vago para poder ser aplicado a todas as circunstâncias!
Mas lá que tem piada, tem...  
Enviar um comentário

«Inicial