terça-feira, maio 31, 2005

Paralelismos

Ex-governante acusado de corrupção por permitir o abate de umas centenas de sobreiros, para que pudesse ser construído um empreendimento turístico que viria a trazer milhares de postos de trabalho à região.

Já foi muito "debatido" este envolvimento entre o Ministro Nobre Guedes e o Grupo Espírito Santo. Já agora recomendo uma leitura ao comunicado do Grupo Espírito Santo, onde entre outras coisas, se fica a saber que na área em que "queriam" abater umas centenas de sobreiros, já "plantaram" mais de 5.000.

Fiquei pasmado, quando ontem ouvi a notícia, dada com a maior das naturalidades, em que o Eng.(título pelo qual gosta de ser chamado, apesar de segundo consta nunca ter estado inscrito na Ordem dos Engenheiros) Sócrates comunica que a Área de Protecção Ambiental do Alqueva tem de ser revista, para que o ex-banqueiro e ex-dirigente de futebol Roquete, possa construir um empreendimento turístico nas margens do Grande Lago, porque afinal o ambiente não é tudo e é preciso criar postos de trabalho...

Enfim, mais um balde de areia para os olhos dos portugueses...

Comentários:

Tirando a do engenheiro (agora já é e não precisa de estar inscrito na ordem para o ser) concordo contigo. Quando ouvi a notícia pensei o mesmo.
Um pequena correcção: eles não queriam abater umas centenas de sobreiros. Eles já abateram mil e tal e queriam abater o resto. Também tenho dúvidas que quem plantar uma árvore possa destruir outra protegida noutro sitio.  
Enviar um comentário

«Inicial