quarta-feira, outubro 12, 2005

uma epidemia chamada DIABETES

A Diabetes Melitus tipo II (DM II), que era uma doença dos idosos, já afecta adolescentes. Como diz o Professor Sir George Alberti “é uma bomba que está entre nós e assistiremos a um grande aumento dos casos de AVC’s e enfartes. É uma catástrofe prestes a ocorrer”. A DM II e outras doenças crónicas em que um dos principais factores de risco é a obesidade podem levar à diminuição da esperança média de vida. Segundo um artigo do New England Journal of Medicine, se não existisse obesidade já esperaríamos viver mais um ano e nas próximas décadas talvez mais uns 5 ou 6. Mas a parte assustadora é que se a prevenção da obesidade fosse iniciada amanhã, e com 100% de sucesso, ainda teríamos diabéticos suficientes para causar uma epidemia de enfarte, outras doenças cardíacas e cancro. É necessária uma actuação política, urgente, para este caso (e mesmo assim já vem tarde).

Deixo-vos agora alguns números da DM II:

150 milhões de diabéticos no mundo (55 M em 1950; estimam-se 300 M em 2025);
5 M de mortes a nível mundial, devido a diabetes, por ano;
Principal causa de cegueira;
Aumenta em 15 vezes o risco de amputação das pernas.

Comentários:

Desculpe mas...

É diabetes mellitus.

E a notação com nº romanos já foi abandonada. Mais correcto será DM tipo 2 (ou simplesmente DM2).

Obrigado!  

É pá, isto parece conversa de artigo de jornal que sai periodicamente a falar da importância da diabetes. Começas com a diabetes e depois falas da obesidade (outra epidemia). São assuntos importantes que mereciam melhor abordagem. Tudo isto tem que ser enquadrado com o sindrome metabólico (obesidade, colesterol, intolerância à glicose e HTA).
Já agora julgo que em Portugal (sem nunca ter visto um estudo sério sobre o assunto) a principal causa de cegueira é a degenerescência da mácula.  
Enviar um comentário

«Inicial