sábado, fevereiro 05, 2005

E se te atirasses daqui?

Uma verdadeira pérola... Ouvi-a ontem de manhã, a caminho do hospital, numa rádio de grande projecção nacional. Um dos seus "politiqueiros" - ou comentadores políticos - queixava-se do debate da noite anterior entre Santana e Sócrates. Que não tinham discutido a economia nem a recuperação económica e estabilização das contas públicas (mas porque será que os jornalistas se queixam de não ter sido debatido, quando os candidatos tinham que "responder" às perguntas que lhes colocavam - e não as colocaram como deviam... mas enfim, adiante).
A dado momento diz algo assim do género: "Bem, Santana Lopes ainda falou acerca de medidas concretas para lutar contra o défice, mas isso não tem grande interesse porque ele não vai ser primeiro-ministro! Interessava era saber as posições de Sócrates..." - enfim... uma questão de... colos!

E que tal se deixasses de nos insultar a inteligência... ou então que tal atirares-te daqui a baixo?


Cabo de São Vicente - Algarve - Portugal Posted by Hello
O "fim" (ou o início...) da Europa virada para o Atlântico ou o embrião dos Novos Mundos que demos ao Mundo.

Três vezes do leme as mãos ergueu,
Três vezes ao leme as reprendeu,
E disse no fim de tremer três vezes:
«Aqui ao leme sou mais do que eu:
Sou um povo que quer o mar que é teu;
E mais que o mostrengo, que me a alma teme
E roda nas trevas do fim do mundo,
Manda a vontade, que me ata ao leme,
De El-Rei D. João Segundo!»

Pena que haja poucos Homens assim...

Comentários:

Estes jornalistas são sempre os mesmos tristes... não sabem fazer reportagens, gostam de repetir o que foi acabado de dizer e tb têm o dom de dar opiniões fora do tempo devido.  

Realmente a opinião do jornalista já estava feita.
Eu pessoalmente não gostei muito do debate e teve poucos "momentos". A culpa é do modelos escolhido, perguntas dos jornalistas (muitas sem interesse ou que permitem apenas respostas gerais) e respostas de fuga com frases generalistas ou palavras de ordem dos candidatos quando o assunto não lhes interessava.  
Enviar um comentário

«Inicial